A Origem e evolução do Homem

Evolução do Homem e suas Principais Histórias

A origem do homem (ser humano) remete à várias histórias. Cada cultura, religião e até mesmo região do planeta costuma contar a história da nossa origem de uma maneira diferente.

Já fomos feitos do pó (e dizem que ao pó retornaremos), criamos outros seres de nossas costelas e recebemos ordens de crescer e popular o mundo.

Porém, essa origem remete somente ao lado religioso do assunto, sendo também conhecida como a teoria criacionista, de origem judaico-cristã. E ainda assim pode ser considerada uma origem que não abrange todas as pessoas, por ser única e exclusivamente judaico-cristã e pregar conceitos como Deus como criador de tudo, desde os seres humanos (feitos de acordo com a Tua imagem) até os outros seres vivos que habitam o planeta.

Mas, cientificamente falando, a história sobre a origem do homem é completamente diferente.

Teoria da Evolução

Já a teoria criacionista tem origem nos estudos do famoso cientista inglês Charles Darwin, que explicou a teoria em um de seus livros, intitulado “A Origem das Espécies”

A teoria de Darwin defende que todos os seres vivos que hoje habitam o nosso planeta tem a sua origem de um mesmo ancestral comum. Resumindo: a teoria defende que todos nós (seres humanos) e outros seres vivos evoluímos a partir do mesmo ser.

A partir daí, devido à fatores como seleção natural processo pelo qual os seres vivos sobrevivem e se adaptam ao ambiente e evoluem chegamos até aqui.

O processo de seleção natural na evolução do homem

Como você já pôde ler logo acima chegamos até aqui devido ao processo de seleção natural. Esse processo consiste na adaptação do individuo ao ambiente em que vive.

A sobrevivência daqueles que melhor se adaptam ao ambiente fez com que surgissem nossos decentes  (através da procriação) que também continuaram a se adaptar aos ambientes em que viviam e assim consecutivamente.

Esse foi um circulo vicioso criado que continuou até que chegamos ao ponto da teoria evolucionista defendido por muitos estudiosos e outros cientistas que estudaram a teoria de Darwin: em algum momento nós seres humanos e os macacos tivemos um ancestral em comum.

Essa parte da teoria defende que desse mesmo ancestral evoluíram dois grupos. Um deles deu origem aos macacos (e suas mais diversas espécies) e a nós seres humanos (e nossas diversas etnias).

É claro que essa teoria foi duramente criticada quando publicada, encontrando forte resistência na igreja católica (a da teoria criacionista) que era tida como um dos pilares da sociedade, assim como em  outras denominações cristãs.

Porém isso não impediu que Charles Darwin continuasse seus estudos e pesquisas para saber mais sobre a origem do homem, que hoje pode ser considerada a criatura mais inteligente (assim como perigosa) do planeta Terra.

A teoria da evolução prova que…

Com base nos estudos de Darwin conseguimos comprovar três informações valiosas que resumem a teoria da evolução. Confira:

– Primeiro, conseguimos entender que o processo de evolução do homem e de outras espécies é continuo e gradual. O que isso significa? Que nunca paramos de evoluir. As mudanças no ser humano atual podem ser pouco perceptíveis, mas ainda acontecem. Basta reparar como condicionamos o nosso estilo de vida às circunstâncias do dia a dia

– Todos os seres vivos do nosso planeta podem ter surgido de um único ancestral em comum.

– A seleção natural é o meio que os seres vivos encontram de se adaptar e sobreviver ao ambiente em que vivem.

Gostou, então não deixe de nos visitar mais vezes, e indique o nosso blog para um amigo!

Clique aqui para conhecer a Fonte Utilizada para Pesquisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.